Noticias

Pontes sobre rios e córregos de Curitiba agora também podem ser “adotadas” pelos cidadãos - Bruno Pessuti

Pontes sobre rios e córregos de Curitiba agora também podem ser “adotadas” pelos cidadãos

13 de Novembro de 2013
Cidadãos, empresas, entidades e associações de Curitiba agora podem adotar pontes sobre rios e córregos da cidade, se tornando responsáveis pela manutenção e conservação destes locais. De autoria do vereador Bruno Pessuti (PSC), esta proposta foi aprovada na sessão desta quarta-feira (13) da Câmara Municipal.

A emenda foi discutida e aprovada junto com o projeto de lei da Prefeitura de Curitiba que solicitava a alteração da lei que institui o Programa de Adoção de Logradouros Púbicos (Lei 11.642/2005) para possibilitar esta adoção por pessoas físicas. Até então, apenas empresas (pessoas jurídicas), entidades e associações poderiam adotar os logradouros.

“A aprovação destas iniciativas traz qualidade de vida para o cidadão, que terá seus espaços públicos mais bem conservados, e o Poder Público, com a redução de despesas e a possibilidade de redirecionar os recursos poupados para outras ações”, comentou o vereador Bruno Pessuti. “Em se tratando das pontes, esperamos que esta ação contribua com a construção de uma visão ampla e crítica da realidade de nossos rios, na esperança de estimular
reflexões e ações sobre os problemas e as potencialidades de cada local”, completou.

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE LOGRADOUROS PÚBLICOS

O Programa de Adoção foi criado para incentivar a participação da sociedade civil e empresas na urbanização e na manutenção dos logradouros públicos. O vereador Bruno Pessuti ainda ponta outro benefício do programa: a aproximação. “Experiências de outras cidades nos mostram que a comunidade do entorno dos logradouros adotados passam a se perceber como corresponsáveis pela gestão destes locais, e, assim, cuidam ainda mais da sua cidade”, concluiu.

Crédito da imagem: Ricardo Almeida/ SMCS-2006