Noticias

No Dia Nacional do Ciclista, Bruno Pessuti fala sobre ações que vem desenvolvendo para o segmento - Bruno Pessuti

No Dia Nacional do Ciclista, Bruno Pessuti fala sobre ações que vem desenvolvendo para o segmento

19 de Agosto de 2013
Há cinco anos o dia 19 de agosto é o Dia Nacional do Ciclista no Brasil. A data foi escolhida para lembrar a importância da segurança e da paz no trânsito e homenageia o ciclista Pedro Davison, universitário atropelado e morto no Distrito Federal em 2006.
Segundo dados apresentados no projeto de lei que criou a data, existem cerca de 50 milhões de bicicletas no Brasil – utilizadas, em sua maioria, como transporte pessoal para o trabalho. Estima-se que cada usuário pedale cerca de 50 minutos ao dia útil, o que totalizaria mais de quatro horas por semana.
Em Curitiba não é diferente. Uma pesquisa realizada pelo CicloIguaçu (Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu) com 573 ciclistas indicou que, destes, 76% faz da bicicleta um meio de transporte pessoal.
“Oferecer condições adequadas para a circulação destas pessoas, bem como segurança no trânsito, são as principais necessidades a serem enfrentadas para que Curitiba se torne uma cidade melhor no futuro, uma cidade amiga da bicicleta”, destaca o vereador Bruno Pessuti (PSC).
Uma das linhas de atuação do vereador, que também é presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e criou a Frente Parlamentar da Mobilidade Urbana na Câmara de Curitiba, é o incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte.
Para isso, vem trabalhando em conjunto com o CicloIguaçu na distribuição de adesivos para carros que lembram a distância lateral a ser mantida do ciclista em ultrapassagens – um metro e meio, de acordo com o artigo 201 do Código de Trânsito Brasileiro.
“A porta aberta do carro provavelmente ocupa cerca de 1 metro da lateral. Para respeitar a distância, pode-se utilizar essa medida como referência”, lembra o vereador. “De qualquer forma, o importante é guardar uma distância que permita evitar ser tocado pelo ciclista no caso dele desviar sem aviso de algo que lhe colocou em risco ou se desequilibrar no momento em que você estiver passando ao lado dele”, completa.
Outra iniciativa da equipe do vereador são ações de aproximação com comerciantes do setor e em locais de concentração de ciclistas. “Nosso objetivo é conhecer as necessidades de quem está envolvido com o tema no dia a dia, para que assim consigamos desenvolver propostas para melhoria da ciclomobilidade”, explica Bruno Pessuti.

Interessandos em ganhar um adesivo como este da foto podem entrar em contato com o gabinete do vereador na Câmara Municipal de Curitiba, na rua Barão de Rio Branco, número 720. Para mais informações: imprensa@brunopessuti.com.br.