Noticias

Curitiba poderá ter Cartão de Transporte com créditos limitados - Bruno Pessuti

Curitiba poderá ter Cartão de Transporte com créditos limitados

18 de Junho de 2013
A criação de um Cartão de Transporte com créditos limitados – que seria comercializado em estabelecimentos comerciais em toda a cidade – é a mais nova proposta do vereador Bruno Pessuti (PSC) para estimular o aumento do número de usuários do sistema público de transporte.

“Ao propor o uso do Cartão de Transporte como única forma de acesso aos micro-ônibus percebi que, para que isso se torne realidade, precisaremos facilitar o acesso aos cartões. Hoje eles só podem ser obtidos em sete pontos da cidade e após apresentação de comprovante de residência, por exemplo, o que é inviável para um turista e para o usuário eventual”, explicou o vereador.

Atualmente os cartões estão disponíveis apenas nos postos de atendimento da URBS na Rodoferroviária, nas Ruas da Cidadania do Boa Vista, Boqueirão, Matriz, Pinheirinho e Portão, e na Unidade de Atendimento do bairro Tatuquara. Além disso, é exigida a apresentação de comprovante de residência e documentos como CPF e RG.

De acordo com a sugestão do vereador, o cartão pode ser disponibilizado em bancas de revistas e lojas de conveniência, entre outros estabelecimentos comerciais, sendo necessário apenas o cadastramento do CPF ou Passaporte do usuário em um sistema de digitação por telefone ou pela internet para validar o cartão.

A ideia é que o cartão com créditos limitados tenha versões com dois, quatro e dez créditos. Cada crédito seria equivalente a uma passagem. “Além dos turistas, esse cartão permitiria que, caso o cartão seja adotado como única forma de acesso aos micro-ônibus, o usuário eventual possa utilizar o sistema, assim como um passageiro frequente que esteja sem seu cartão de transporte recarregável”, comentou Bruno Pessuti, ressaltando que o cartão com créditos limitados poderia servir como uma lembrança da cidade aos turistas.

Outra vantagem da adoção do sistema Pré-Pago apontada pelo vereador é a segurança. Com o uso exclusivo do cartão, o uso do dinheiro no sistema de transporte seria reduzido e isso garantiria mais segurança ao trabalhadores do sistema de transporte público em Curitiba e mais facilidades para usuários e empresários que oferecem o benefício a seus funcionários.