Noticias

Curitiba pode ganhar Rota Gastronômica da Comida Sem Glúten - Bruno Pessuti

Curitiba pode ganhar Rota Gastronômica da Comida Sem Glúten

17 de Julho de 2020
Capital dos Celíacos, Curitiba também pode ganhar uma Rota Gastronômica da Comida Sem Glúten. O vereador Bruno Pessuti (PODE) protocolou na Câmara Municipal o  Projeto de Lei 005.00134.2020, que institui o Guia dedicado ao tema na cidade.

De acordo com o autor do Projeto, a ideia é dar visibilidade à causa e fomentar o turismo gastronômico: "A Doença Celíaca é um tema que merece a atenção das autoridades. Pensamos nessa Rota Gastronômica não apenas para instituir uma Lei, mas também para criar um Guia que realmente incentive o comércio, a gastronomia  e o crescimento das campanhas voltadas aos Celíacos", explica.

Para criar atrações que aqueçam o setor, Pessuti conta que já há conversas com o Instituto Municipal de Turismo. Além da identificação visual dos estabelecimentos integrantes da Rota, também será possível o mapeamento dos estabelecimentos por aplicativos de geolocalização. Uma linha de ônibus especial, para fazer um itinerário gastronômico da alimentação sem glúten em datas específicas, também está sendo avaliada.

Licenciamento
Na redação do Projeto de Lei, está definido que a Rota Gastronômica será composta por estabelecimentos devidamente licenciados pela Associação dos Celíacos do Paraná (ACELPAR). 

Este processo de credenciamento envolve treinamento de funcionários dos estabelecimentos, fiscalização da matéria-prima fornecida, adequação da comunicação visual além da adesão a um termo de compromisso junto à Associação.

Para a presidente da ACELPAR, Ana Claudia Cendofanti, a expectativa é que a Rota amplie as ações de conscientização: "Essa rota é importante também para inclusão social,  para o Celíaco não se sentir um estranho. É uma forma de mostrar que a gente existe. Vai ser uma ação para despertar o interesse do curitibano. Mostrar que há público, mercado e qualidade na gastronomia sem glúten em Curitiba", disse.

Legislação
Além deste Projeto que tramita na Câmara Municipal, em Curitiba já foi sancionada a Lei 15.648/2020, também de autoria de Bruno Pessuti, que reconhece Curitiba como a Capital dos Celíacos e institui uma Semana de Conscientização dedicada ao tema.