Noticias

Audiência Pública sobre Plano Diretor discute meio ambiente e sustentabilidade - Bruno Pessuti

Audiência Pública sobre Plano Diretor discute meio ambiente e sustentabilidade

21 de Maio de 2014
Como parte dos trabalhos de revisão do Plano Diretor, nesta quinta-feira (22) será realizada a segunda Audiência Pública promovida pela Câmara Municipal. Analisando o caminho percorrido por Curitiba nos últimos 10 anos na área ambiental, o evento irá discutir ideias para tornar Curitiba uma capital realmente ecológica.

O vereador Bruno Pessuti (PSC), presidente da Comissão de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Câmara, participa dos debates. Para ele, o Plano Diretor é o instrumento jurídico mais importante para a vida das cidades, pois dele partem todas as diretrizes e normativas para a adequada ocupação do solo urbano.

Entre os temas a serem abordados na audiência pública estão qualidade dos rios, arborização urbana e formas de superar os desafios que a cidade deverá encontrar nos próximos anos. Também serão realizadas três palestras: “Retrospectiva do Plano Diretor”, com o superintendente da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), Alfredo Vicente de Castro; “Gestão de águas e resíduos sólidos em Curitiba e Região Metropolitana”, com o biólogo José Roberto Borghetti e o engenheiro ambiental Helder Rafael Nocko; e “Análise e perspectivas do meio ambiente para o PD”, com o presidente da Comissão de Meio Ambiente da OAB/PR, José Gustavo de Oliveira Franco.

Rios Limpos
A limpeza e preservação dos rios são de extrema importância para o meio ambiente. Além de fazer bem à natureza, águas limpas e sem poluição proporcionam a toda a sociedade maior qualidade de vida. Pensando nisso, Bruno Pessuti idealizou um Projeto de Lei que irá ajudar na limpeza das águas de Curitiba e região a partir da conscientização da população, com aumento da multa para quem não utiliza a rede de esgoto.
Estudos apontam que apenas 38% do esgoto produzido no país passam por algum tratamento antes de serem descartados. Bruno Pessuti destaca que o aumento da multa tem caráter educativo, “para conscientizar as pessoas que a proteção dos nossos rios é uma medida de urgência’”.

Arborização Urbana
Atualmente mais de 75% da área verde da cidade é privada. O vereador adiantou que um dos debates terá como tema o incentivo a novas construções com o objetivo de conscientizar empreendimentos sobre a importância da arborização para uma grande capital como é Curitiba.