Noticias

Alto Juvevê Gastronomia pode fazer parte do Calendário Oficial de Eventos de Curitiba - Bruno Pessuti

Alto Juvevê Gastronomia pode fazer parte do Calendário Oficial de Eventos de Curitiba

16 de Abril de 2013
O vereador Bruno Pessuti (PSC) protocolou, na última segunda-feira (15), pedido de inclusão do Alto Juvevê Gastronomia no Calendário Oficial de Eventos de Curitiba. Em sua última edição, em fevereiro deste ano, a feira gastronômica que acontece a cada três meses na Praça Brigadeiro-do-Ar Mário Calmon Eppinghauss reuniu 16 restaurantes, atraindo cerca de 5 mil visitantes por dia.
Segundo o vereador, a organização da feira leva em consideração questões importantes, como a ocupação de um espaço público. Assim promovemos a sensação de ""pertencimento"" dos cidadãos com a praça", comentou.
"Com a realização deste evento, as pessoas que visitam o local percebem que aquele espaço pode ser ocupado durante outros dias da semana e passam a utilizá-lo para atividades físicas ou de lazer, além de também passarem a contribuir com a preservação da praça", completou.
OUTRAS MELHORIAS - Bruno Pessuti ainda protocolou outros dois pedidos que também vão beneficiar a Praça Eppinghauss, importante local de lazer e prática de exercícios para os moradores do Juvevê, Alto da Glória, Alto da XV, Hugo Lange e Cabral: a instalação de paraciclos (estacionamentos para bicicletas) e melhoria na iluminação do local.
Um dos aspectos que reforçam a necessidade de instalação de paraciclos é a localização da praça - entre duas avenidas com grande circulação de veículos. "As vagas existentes para estacionamento de veículo são insuficientes quando há eventos, então a bicicleta torna-se uma opção de deslocamento. A comodidade de ir pedalando à praça e ter um local seguro para deixar a bicicleta é um estímulo para que pessoas usem este meio de transporte", afirmou.
Para o vereador, a bicicleta ainda é considerada um modal de transporte de lazer, mas seu uso constante permite sensibilizar as pessoas a utilizá-la como um modal sustentável de transporte durante os dias da semana.
Já a substituição da iluminação pública no local tem como objetivo ampliar a ocupação do local à noite, segundo Bruno. Atualmente são utilizadas lâmpadas de vapor de sódio, que produzem luz amarelada e podem causar ofuscamento. "As lâmpadas de vapor metálico com iluminação branca possuem um espectro de iluminação mais adequado à sensibilidade visual noturna, gerando a sensação de segurança", comentou o vereador.

Agência Ehcom"